Cinderela (2015)

Ficha Técnica:

  • Direção: Sir Kenneth Branagh.
  • Roteiro: Chris Weitz.
  • Elenco: Lily James, Richard Madden, Cate Blanchett, Helena Bonham-Carter, Stellan Skarsgård.
  • Gênero: Fantasia, Romance.
  • Lançamento: 26 de março de 2015 – 104 min.

Sinopse: Ella nasceu numa família muito feliz e amorosa. Morando na casa que abrigava a família de seu pai há gerações, ela cresceu cercada de coisas boas e muita alegria. Por anos sua vida não foi nada além de gentileza e risadas. Até que sua mãe fica muito doente e, pouco antes de falecer, pede que a filha lhe faça uma promessa: “Tenha coragem e seja gentil sempre”. Este vira o motto da vida de Ella, que se junta ainda mais ao pai para se recuperarem da perda.

Após vários anos, o pai de Ella acredita ter encontrado a felicidade novamente e se casa com uma recente viúva, Lady Tremaine, que tem duas filhas da mesma idade de Ella, Anastásia e Drizella. A garota fica contente de ver o pai feliz novamente, a madrasta é linda e as filhas são muito conversadeiras. Contudo, pouco tempo depois, o pai de Ella também falece e ela é deixada sozinha quando sua madrasta e suas meias-irmãs começam a abusar dela.

Mesmo vivendo um inferno nas mãos das enteadas, Ella continua uma menina boa, doce e gentil, sempre se lembrando das últimas palavras de sua mãe. E tudo parece mudar quando, em um belo dia, ela se encontra com um rapaz que se apresenta como Kit. Logo após esse encontro há o baile real, onde o príncipe deverá escolher uma esposa e, a partir desta noite, a vida de Ella pode mudar para sempre.

~~*~~

Ai, gente… o que falar desse filme que eu vi uma única vez e já considero pacas? *suspira*

Eu sou suspeita pra falar de Disney. Sou apaixonada por esse universo desde os dois anos de idade e ele moldou bastante do que eu sou hoje. Tudo lá, pra mim, é mágico e maravilhoso e eu mal podia esperar para ver, finalmente, o live-action de um dos clássicos (mesmo que não seja o meu clássico favorito). As propagandas, os teasers, o vestido, o sapato… tudo indicava que esse filme seria o ápice dos ápices. E, pra mim, foi mesmo.

Começando pelo fato de que o diretor é um dos meus atores favoritos: Sir Kenneth Branagh, mais conhecido como o Gilderoy Lockhart (o professor de Defesa Contra as Artes das Trevas em Harry Potter e a Câmara Secreta), que também dirigiu Thor – coincidentemente um dos meus filmes favoritos.

Lily James e Kenneth Branagh

Gente, tudo nesse filme é perfeito! O elenco, o roteiro, a fotografia, a trilha sonora… tudo! As cenas são lindas, belissimamente construídas, o figurino está esplêndido, as canções que a Lily James e a Helena Bonham-Carter regravaram ficaram perfeitas e o enredo está todo trabalhado na lindeza!

Um aviso que, depois de ter ido ver com minha mãe, acho importante dar: apesar de não haverem muitas mudanças ou surpresas no enredo, o filme difere um pouco do desenho clássico. São detalhes aqui e ali, mas se você é como minha mãe e acha que se é sobre o desenho Cinderela, tem que ser fiel ao desenho Cinderela nos mínimos detalhes, saiba que poderão haver decepções.

Já se você for como eu, vai se derreter e ter alguns pequeninos ataques cardíacos durante todo o filme. Sério. A cena da valsa, gente. Eu quase morri! Fui me encolhendo na cadeira de tão emocionada e, quando percebi, estava quase deitando no chão. A forma como eles se tocam, como o príncipe (cujo nome FINALMENTE é revelado) a conduz, como eles se olham e como ele sorri para ela… é, sem dúvidas, minha cena favorita. Dá até um frio na barriga só de lembrar.

Outra coisa que prova a existência de algo divino acima de nós: o conjunto vestido+sapato. QUE.VESTIDO.PERFEITO! A saia é magnífica, o corpete esplêndido, os detalhes são de matar e a combinação de tudo resultou em algo simplesmente perfeito. E o sapato? Com todos aqueles detalhes, o cuidadoso detalhe da borboleta na ponta, os reflexos de arco-íris, o salto… aiai…

Curiosidade rápida: foram utilizados mais de 250 metros de tecido e 10 mil cristais Swarovski para a confecção do vestido.

É.

OLHA ISSO

Não quero me prolongar muito nisso aqui, gente. Saibam apenas que, na humilde opinião desta que vos fala, Cinderela é um filme maravilhoso que merece mais do que tudo no mundo ser visto várias vezes! Foi tanta a emoção, que eu, que detesto esse tipo de coisa, tirei uma foto na carruagem da Cinderela ao sair da sala do cinema.

Cinderela

Perdoem a má resolução


Então é isso, pessoal! Se vocês gostaram, sigam o blog pra mais conteúdo divertido assim, comentem aqui em baixo e compartilhem prezamigue verem. Se vocês não gostaram, façam tudo isso assim mesmo porque sim! Se vocês têm alguma sugestão, ou gostariam que eu falasse sobre alguma coisa, me digam nos comentários ou me mandem um e-mail (o endereço está ali na descrição, embaixo da minha foto divônica).

Acho eu que sairão mais duas resenhas pro Desafio IDY ainda essa semana, então fiquem ligados!

Abraços quentinhos!

Anúncios

Pensamentos de fora

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s